Álbum de pinturas e desenhos da pintora italiana, que longamente viveu em Moçambique. «Este livro é um pedaço de uma pista gravada musicalmente que nos permite um deleite para as saudades que quem conheceu há trinta anos uma bem marcada poesia em múltiplas formas arquitectónicas e garridas vestes onde a mistura de raças forma um esplendor, um território chamado Xipamanine» (Malangatana).