Este livro aborda as modalidades de construção da identidade nacional em duas localidades situadas em lados opostos da fronteira luso-espanhola no rio Guadiana. O principal objetivo é contribuir para o estudo da identidade portuguesa. Os objetos mais precisos da investigação etnográfica em que se baseia o trabalho apresentado são as festas, incluindo as taurinas, a alimentação e os estereótipos nacionais. As semelhanças e dissemelhanças de facto entre as populações em estudo também são objeto de descrição e análise, mas a atenção centra-se no ponto de vista dos habitantes, nos seus discursos.