O livro é um hino de amor e respeito à natureza, contando a trajetória de Zé Orocó, envolvido em "causos", histórias fantásticas e lendas, e sua amizade
com uma canoa. José Mauro resgata o encontro das coisas singelas e verdadeiras da vida.