A "face de Deus"? Foi a expressão que utilizou o astrofísico George Smoot (Prémio Nobel de Física 2006) quando, a 23 de Abril de 1992, conseguiu, graças ao satélite COBE, tirar fotografias do nascimento do Universo tal como ele emergia das trevas cósmicas 380 000 anos após o Big Bang. Desde então, esta expressão deu a volta ao mundo, desencadeou a fúria dos cientistas e perturbou os crentes. Mas, para além destas poucas palavras, qual é o fabuloso segredo que se esconde por detrás do "bebé Universo"? Porque terá Smoot visto aí a face de Deus?