Para além das famosas festas de gala, como a Pelerinage, na Île de Cythère, que o tornaram socialmente reconhecido, Antoine Watteau (1684-1721) foi um dos protagonistas e principais impulsionadores no renascimento do estilo barroco e na formação do movimento Rococo.
Watteau via no teatro a sua grande inspiração, em particular na Commedia dell’Arte, daì a presença regular nos seus quadros da fantasia, através da elaboração de figuras de actores, de bailarinos, ou, músicos. Para além dos elementos referidos, era também dedicado às cenas bucólicas, ou, à arte do retrato.
O mundo idílico dominado pelo prazer, pelo lazer, pelo entretenimento, que se revela nas suas pinturas, é um mundo que vive do romance, do drama e de uma certa "joie de vivre".